22/02/2015

Adaptação é a palavra da vez...


Eita,que já estamos na reta final de fevereiro,terminou o horário de verão... E choveu por aqui! Vou uma ótima chuva, daquelas que eu digo que lava as goteiras e os telhados. Que beleza! Pena que por aqui a previsão é de chuvas abaixo da média... Que coisa em? Mas já deu pra refrescar um pouco. As plantas agradecem e nós também!

Tive meus primeiros dias no novo ambiente de trabalho, ainda em fase de adaptação, nem conheci todo mundo ainda... As primeiras impressões é que é tudo maior, o meu setor, o hospital, os aparelhos são maiores e há bem mais gente trabalhando e circulando nos corredores. Ainda não tenho minhas senhas pra entrar nos programas de lá, enfim, vamos na base da paciência, devagar e sempre.

Meu tempo foi o único que diminuiu nesta história, pois antes trabalhando por plantão, eu tinha várias folgas, agora são 6 horas diárias no turno da tarde. Tenho que caminhar pela manhã e preciso almoçar muito cedo, pois de 1/2 dia já estou batendo o ponto... Nos 2 primeiros dias simplesmente não consegui almoçar antes, fiquei me sustentando na base de lanches mesmo. Chego a noite em casa com muita fome e isso não é bom, porque aí você tende a querer compensar e passa da medida... Sem falar na ansiedade que eu estava antes, que agora diminuiu bastante...

É quase impossível evitar a comparação com o ambiente que trabalhava antes... E é certo que sempre há pontos positivos e negativos, tanto pra um quanto para o outro. Então vou aceitar a escolha que eu fiz e pronto! Né?

Voltou a excelente brincadeira da Chica:


Minha frase:


Chegando a noite durmo, descanso e sonho...

******

Beijos nas bochechas!

Boa semana!