30/11/2012

Oi Gente!!

 
 

Escolhas de uma vida


A certa altura do filme Crimes e Pecados, o personagem interpretado por Woody Allen diz: "Nós somos a soma das nossas decisões".

Essa frase acomodou-se na minha massa cinzenta e de lá nunca mais saiu. Compartilho do ceticismo de Allen: a gente é o que a gente escolhe ser, o destino pouco tem a ver com isso.

Desde pequenos aprendemos que, ao fazer uma opção, estamos descartando outra, e de opção em opção vamos tecendo essa teia que se convencionou chamar "minha vida".

Não é tarefa fácil. No momento em que se escolhe ser médico, se está abrindo mão de ser piloto de avião. Ao optar pela vida de atriz, será quase impossível conciliar com a arquitetura. No amor, a mesma coisa: namora-se um, outro, e mais outro, num excitante vaivém de romances. Até que chega um momento em que é preciso decidir entre passar o resto da vida sem compromisso formal com alguém, apenas vivenciando amores e deixando-os ir embora quando se findam, ou casar, e através do casamento fundar uma microempresa, com direito a casa própria, orçamento doméstico e responsabilidades.

As duas opções têm seus prós e contras: viver sem laços e viver com laços...

Escolha: beber até cair ou virar vegetariano e budista? Todas as alternativas são válidas, mas há um preço a pagar por elas.

Quem dera pudéssemos ser uma pessoa diferente a cada 6 meses, ser casados de segunda a sexta e solteiros nos finais de semana, ter filhos quando se está bem-disposto e não tê-los quando se está cansado. Por isso é tão importante o auto conhecimento. Por isso é necessário ler muito, ouvir os outros, estagiar em várias tribos, prestar atenção ao que acontece em volta e não cultivar preconceitos. Nossas escolhas não podem ser apenas intuitivas, elas têm que refletir o que a gente é. Lógico que se deve reavaliar decisões e trocar de caminho: Ninguém é o mesmo para sempre.

Mas que essas mudanças de rota venham para acrescentar, e não para anular a vivência do caminho anteriormente percorrido. A estrada é longa e o tempo é curto. Não deixe de fazer nada que queira, mas tenha responsabilidade e maturidade para arcar com as conseqüências destas ações.

Lembrem-se: suas escolhas têm 50% de chance de darem certo, mas também 50% de chance de darem errado. A escolha é sua...!
 
Pois é...todas as escolhas que fazemos na vida tem seu lado bom e seu lado ruim,tem o doce e tem o fel e por aí vai...O negócio é aceitar,ou mudar se não estiver satisfeito,certo?
Gente,minha lista de músicas pifou!Simplesmente não tocava mais e tive que retirar aqui do blog.Voltei a ter só uma mid mesmo...
Estava pensando em não mudar de template para o natal,mas acabei encontrando este aqui que não é simples demais nem tampouco espalhafatoso,e mudei!O cartão ao lado veio da Casinha da Taty e combinou perfeitamente com as cores do lay,né não?
E hoje é o aniversário de minha amiga blogueira Tetê!Parabéns!Faz tempo que a gente se visita nos blogs,trocando cartas,e-mails...ela é uma amiga real e super 10!

Fui!Beijos nas bochechas!


22/11/2012

As novidades...



Oi gente!Atualizando mais cedo pois amanhã estou no trabalho.
Pense numa semana movimentada!

Na segunda fui ver Amanhecer Parte 2, o final da saga Crepúsculo.Eu achava que não ia ter quase ninguém no cinema,afinal segunda foi dia de trabalho normal por aqui,o feriado foi na quarta 21 dia da padroeira de Natal,mas que susto!Tinha fila na bilheteria,antes mesmo da 11:30 da manhã!Tive que enfrentar a fila pra ver o filme dublado,porque a sessão do legendado começou e eu ainda estava na fila!


O que achei?Pra compensar o drama que foi o final da estória de Bella e sua turma,o filme ficou muito bem humorado,deu pra dar boas risadas em alguns momentos do filme e ainda teve uma gritaria adolescente quando Jacob tira a roupa pra se transformar em Lobisomem... rsrsrs...dar pra limpar a vista!Já as cenas do confronto dos vampiros foi bem eletrizante,os desavisados que não leram o livro podem até ter pensado que era verdade,mas estava tudo no futuro que Alice mostrou pra o vampiro chefe Aro dos Volturi.E o melhor é que teve final feliz,finalmente!É,eu gostei!

Na terça trabalho pesado no plantão,pense numa canseira que me deu...Na volta pra casa,na quarta,já que não era feriado,pois aqui é Parnamirim e o feriado era em Natal,deixei o carro na concessionária pra revisão dos 50.000 km e mais outros serviços.Resultado,estou sem carro,só me entregam no sábado pela manhã!Hoje fui de táxi fazer novas mechas no salão,porque não dava pra pegar 2 busões e ainda andar no sol quente pra chegar lá...Tudo porque confiança é tudo!Não dar pra ir num salão mais perto que não conheço,né?Ei,ficou 10 o cabelo,uia!

E aqui estou atualizando o blog.Amanhã outro plantão que me espera.Pelo menos não vou trabalhar no fim de semana.Mas vou ter que ir de transporte alternativo,já combinei com minha colega de 5 da matina!

Estou torcendo pelo Vettel na F-1 este fim de semana no GP do Brasil,final do campeonato,não gosto de Alonso,já gostei,não gosto mais...Que escuderia sem ética esta Ferrari,viu?

Editando no domingo:Valeu Vettel,ganhou o mais honesto,o mais ético,o que tinha o melhor carro e sem ajuda do segundo piloto,o Webber é lindo por sinal!Massa chorando...é uma pena ele tá na Ferrari,vai ter que continuar ajudando Alonso...Mas tomara que tenha mais sorte no próximo ano!

Fui!Boa semana!

16/11/2012

Texto light...

Prova Falsa
(Stanislaw Ponte Preta)

Quem teve a idéia foi o padrinho da caçula - ele me conta. Trouxe o cachorro de presente e logo a família inteira se apaixonou pelo bicho. Ele até que não é contra isso de se ter um animalzinho em casa, desde que seja obediente e com um mínimo de educação.
 
-Mas o cachorro era um chato — desabafou.
 
Desses cachorrinhos de raça, cheio de nhém-nhém-nhém, que comem comidinha especial, precisam de muitos cuidados, enfim, um chato de galocha. E, como se isto não bastasse, implicava com o dono da casa.
 
-Vivia de rabo abanando para todo mundo, mas, quando eu entrava em casa, vinha logo com aquele latido fininho e antipático de cachorro de francesa.

Ainda por cima era puxa-saco. Lembrava certos políticos da oposição, que espinafram o ministro, mas quando estão com o ministro ficam mais por baixo que tapete de porão. Quando cruzavam num corredor ou qualquer outra dependência da casa, o desgraçado rosnava ameaçador, mas quando a patroa estava perto abanava o rabinho, fingindo-se seu amigo.

-Quando eu reclamava, dizendo que o cachorro era um cínico, minha mulher brigava comigo, dizendo que nunca houve cachorro fingido e eu é que implicava com o "pobrezinho".

Num rápido balanço poderia assinalar: o cachorro comeu oito meias suas, roeu a manga de um paletó de casimira inglesa, rasgara diversos livros, não podia ver um pé de sapato que arrastava para locais incríveis. A vida lá em sua casa estava se tornando insuportável. Estava vendo a hora em que se desquitava por causa daquele bicho cretino. Tentou mandá-lo embora umas vinte vezes e era uma choradeira das crianças e uma espinafração da mulher.
 
-Você é um desalmado — disse ela, uma vez.

Venceu a guerra fria com o cachorro graças à má educação do adversário. O cãozinho começou a fazer pipi onde não devia. Várias vezes exemplado, prosseguiu no feio vício. Fez diversas vezes no tapete da sala. Fez duas na boneca da filha maior. Quatro ou cinco vezes fez nos brinquedos da caçula. E tudo culminou com o pipi que fez em cima do vestido novo de sua mulher.
 
-Aí mandaram o cachorro embora? — perguntei.
 
- Mandaram. Mas eu fiz questão de dá-lo de presente a um amigo que adora cachorros. Ele está levando um vidão em sua nova residência.

- Ué... mas você não o detestava? Como é que arranjou essa sopa pra ele?
- Problema da consciência — explicou: — O pipi não era dele.

E suspirou cheio de remorso.


Texto extraído do livro "Garoto Linha Dura",
Editora do Autor - Rio de Janeiro, 1964, pág. 51.
*********
Um texto bem levinho pra este fim de semana prolongado.
Sem mais,beijos nas bochechas!




09/11/2012

Pense diferente!

 
 
...Nosso subconsciente trabalha na materialização de nossas crenças. Ele não tem senso de humor. Faz sempre o que acreditamos. Não falha. Dessa forma, o fracasso não existe.

Você sempre foi um sucesso! Sua vida é obra sua. Você é responsável por suas experiências. Mesmo aquelas que parecem não depender de você foram atraídas por sua forma de pensar.

As coisas não vão bem? Só colhe infelicidade? É hora de perceber como você consegue fazer isso. Certamente não escolheu a atitude adequada para obter bons resultados. Mudando essa atitude, tudo se modificará.

A vida deseja que você desenvolva seus potenciais e aprenda a ser feliz. A felicidade é nosso destino e só o bem é verdadeiro. Para nos ensinar isso, a vida programa nossas experiências de acordo com nossas necessidades. Através do resultado dessas experiências conquistamos sabedoria.

 Na queixa há sempre uma justificativa para continuarmos a ser como somos, mas há também uma auto-imagem negativa. Você pensa que não pode fazer nada, que é incapaz e não merece. Conforma-se em ser pobre, ficar em segundo plano, em pensar primeiro nos outros (é feio pensar em você primeiro). Acha que, para você ter, outros terão que lhe dar o que perder. Como se Deus fosse pobre e tão limitado que para dar a uns teria que tirar dos outros. Esses pensamentos são altamente depressivos e atraem infelicidade.

Faça uma lista de suas crenças e até das frases que costumava dizer. Se puser atenção e for sincera, logo vai perceber quais as crenças que são responsáveis pela sua infelicidade. Não pense mais nelas. Esqueça-as. Quanto mais se preocupar em eliminá-las, mais pensará nelas e as alimentará.
Trate de cultivar o oposto. Faça afirmações positivas sempre usando o presente.

 "Eu sou feliz". "Tenho muita sorte". "Minha saúde está cada dia melhor". "Meus relacionamentos são maravilhosos", etc. Escreva-as e espalhe pela casa, nos lugares que você possa ver constantemente. Mas não se esqueça de por emoções nelas, acreditar realmente no que afirmar. Ignore aquela vozinha que lhe diz que não vai funcionar.

Não custa nada experimentar.

Lembre-se que todos os problemas de sua vida foram criados por você. Você foi, é e sempre será um sucesso. Suas escolhas podem ter dado um resultado diverso do que você esperava, mas você conseguiu materializá-las. Refletem o que você crê, e o que você crê seu subconsciente materializa. Pense nisso.

Se sua vida vai mal, precisa perceber como você está conseguindo fazer isso.

 Autor(a): Zíbia Gasparetto em Conversando Contigo
Colaboração Texto: Josefa Carrara
 
 
Sem novidades por aqui...
Beijos nas bochechas e bom fim de semana!


02/11/2012

Vários assuntos...

 
Achei esta imagem na net,é perfeita pra este dia de finados.Só o tempo pra fazer a gente se acostumar com a perda,aí a tristeza passa,mas a saudade fica.
 
Esta semana passou rápido,aliás,fim de ano já chegou,nas lojas já tem decoração de Natal,mais um ano que passou voando...
 
Domingo passado acabou as eleições municipais,graças a Deus!A campanha do segundo turno foi horrível,era acusação pra lá,acusação pra cá,os dois candidatos só sabiam fazer isso.Cá pra nós,desta vez anulei o voto,porque nenhum dos dois me agradava,não tinha nem aquela alternativa de escolher o menos ruim.A prefeita atual fez a pior gestão que se tem notícia aqui na nossa cidade e esta semana foi cassada pela justiça,o vice já assumiu.O que ela fez?Corrupção! E daquelas bem feias...Tem jeito pra esses políticos?
 
Agora vou falar de outro joguinho que uma colega me mostrou.Se você não gosta deles,deveria abrir uma exceção pra este aqui.Trata-se do Letroca,um joguinho de achar palavras com determinadas letras que o site lhe passa.Sabe aquelas revistinhas de palavras cruzadas?Tem este jogo lá,só que com outra configuração e outro nome.Mas já aviso:é super viciante,você quer preencher todos os espaços com palavras e não sossega enquanto não consegue.Mas enriquece seu vocabulário!
 
 
Outro compartilhamento que quero mostrar pra vocês é um vídeo.Recebi a indicação por e-mail e achei lindo! Trata-se de um tour em diferentes partes dos EUA com duração de 5:44 min.Detalhe:o tour é feito de um avião tipo o 14-Bis de Santos Dumont.Esqueça que os EUA "se acham" a melhor nação do mundo e as coisas erradas que fazem aos outros países,até mesmo o tal furacão Sandy que devastou a costa leste...cabe aqui uma pergunta:porque os furacões têm nome de mulher? Outra coisa,o furacão atingiu outros países como Cuba e o Haití,porque só falam nos EUA? Tá,esqueça tudo isso,veja o vídeo pela beleza das paisagens,é lindo,vale a pena!Expanda e aumente o som!A música do blog não vai tocar automaticamente,por enquanto,pra não atrapalhar a exibição do vídeo. 
 
 
Beijos nas bochechas!