17/05/2012

Terminei mais um livro...em 17/05


Oi gente!Hoje vou dividir com vocês alguns trechos do livro que acabei de ler: Diário de uma Paixão de Nicholas Sparks,um romance maravilhoso que narra a estória de um amor verdadeiro daqueles que fazem a vida valer a pena e que duram pra sempre,mesmo.

"A minha vida?Não é fácil explicar.Nunca foi um deslumbrante mar de rosas que eu imaginava que seria,mas também não comi o pão que o diabo amassou...razoavelmente estável,com mais altas do que baixas,e tendendo a subir gradualmente com o tempo.Sou um homem comum,com pensamentos comuns, e vivi uma vida comum.Não há monumentos dedicados a mim e o meu nome,em breve,será esquecido,mas amei uma pessoa com toda minha alma e coração e, para mim,isso sempre bastou."

"Sempre acreditei com firmeza e convicção em Deus e no poder da oração,ainda que,pra ser honesto,minha fé tenha suscitado uma lista de perguntas que,definitivamente,só quero que sejam respondidas depois que eu já tiver partido."

"É a possibilidade que me faz continuar,não a certeza,uma espécie de aposta de minha parte.E embora você possa me chamar de sonhador,de tolo ou de qualquer outra coisa,acredito que tudo é possível.Sei que as probalidades e a ciência estão contra mim.Mas a ciência não é a única resposta;disso eu sei e aprendi ao longo da vida.E isso me faz acreditar que os milagres,por mais inexplicáveis ou inacreditáveis que sejam,são reais e podem acontecer sem levar em consideração a ordem natural das coisas."

"...Aprendi o que para uma criança é óbvio.Que a vida é simplesmente uma coleção de pequenas vidas,cada uma vivida um dia de cada vez.Aprendi que devemos viver cada dia encontrando beleza nas flores e na poesia e conversando com os bichos.Que não há nada melhor que um dia com sonhos,por do sol e brisas refrescantes...."

"Ficamos sentados em silêncio,contemplando o mundo a nossa volta.Levamos uma vida inteira para aprender isso.Parece que somente os velhos conseguem ficar sentados desse jeito,um ao lado do outro sem nada dizer,e ainda assim se sentirem contentes.Os jovens,irrequietos e impacientes,têm sempre de quebrar o silêncio.É um desperdício,porque o silêncio é puro.O silêncio é sagrado.Ele aproxima as pessoas,porque só quem se sente confortável ao lado de outra pessoa pode ficar sentado sem falar.Esse é o grande paradoxo."

"Olhando para trás,fico surpreso pela minha paixão pela poesia,e agora,às vezes,chego a quase me arrepender.A poesia traz grande beleza à vida,mas também uma grande tristeza,e não sei ao certo se é uma troca justa para alguém de minha idade.Se puder,um homem deve desfrutar de outras coisas;deve passar seus últimos dias ao sol.Os meus vou passar debaixo de uma lâmpada de leitura."

"A razão pela qual dói tanto nos separarmos é porque as nossas almas estão ligadas.Talvez,sempre tenham sido assim e para sempre serão.Talvez,tenhamos vivido mil vidas antes desta,e em todas elas tenhamos nos encontrado.E talvez em cada uma delas tenhamos sido obrigados a nos separar pelos mesmos motivos.Isso significa que esta despedida é, ao mesmo tempo, um adeus pelos últimos dez mil anos e um prelúdio do que virá."

...

Super recomendado!Ah sim!Mudei a música do blog!Se vc não usa o Windows talvez não consiga ouvir:Marisa Monte-O que vc quer saber de verdade.Quase sempre a música não tem nada a ver com o post,está no blog porque eu gostei dela,mas desta vez "bateu" os assuntos...

Beijos e um abraço!