sábado, dezembro 19, 2015

Boas Festas!



"Sonhe, busque, espere... 
ame e seja amado!
 Deixe sua alma voar alto... 
pegar carona com os fogos coloridos. 
Mentalize seus desejos mais íntimos e acredite:
 eles também chegarão ao céu. 
Irão se misturar às estrelas, 
irão penetrar no Universo
 e voltarão cheios de energia 
para tornarem-se reais. 
Basta você querer de verdade, 
ter fé e nunca, 
NUNCA desistir deles! 
Boas Festas e que seu ano 
seja pleno de bênçãos e realizações."

********
Gente,vou fazer uma parada básica
 de fim de ano aqui no blog.
Volto em 2016! Até lá!
Beijos nas bochechas!

sábado, dezembro 12, 2015

Nunca deixar de sentir...


Eu quero crescer. Juro, quero mesmo. 
Quero aprender línguas que não sei. 
Quero conhecer novas culturas, povos, lugares. 
Quero me desapegar do velho.
Quero não me fechar para as mudanças e para o novo.
Quero não acumular rancores nem alimentar mágoas. 
Quero aprender a me pedir desculpa. 
Quero abandonar algumas saudades. 
Quero aprender a conviver com o que 
não posso modificar. 
Quero me mover mais e mais
 e mudar o que está ao meu alcance. 
Quero pouco e quero muito.
 Quero nada e quero tudo.
Quero esquecer o que precisa ser esquecido. 
Quero nunca deixar de sorrir. 
Quero aprender a descascar laranja.
Quero perder o medo de trovão. 
Quero ir. E vir. 
Mas nunca, nunca mesmo,
 deixar de sentir.

Clarissa Corrêa

Oi Gente!Ganhei um selinho de Natal da amiga Small Sandra:



Obrigada!Beijos nas bochechas!

sábado, dezembro 05, 2015

O lado de dentro...


… Podem saber da nossa história, 
do nosso passado, 
dos erros presentes, 
das crises presentes, 
das alegrias presentes,
 mas não do que trazemos dentro. 
Ninguém sabe o que somos dentro.
Enxergam, escutam, opinam. 
Mas eles não sabem.
 Eles pouco, ou nada , sabem de nós.
Falar pode esvaziar alguma tristeza, 
sorrir pode nos proporcionar 
a possibilidade de compartilhar uma alegria,
 abraçar pode curar um coração partido,
 um orgulho ferido, 
um sentimento colocado no lugar errado.
As pessoas conhecem a nossa versão, 
o nosso lado, as nossas queixas, 
mas não a nossa essência. 
Pouca gente sabe como a gente
 convive por dentro,
 sente, e é. De verdade.
Apenas nós levamos na bagagem da vida 
a nossa melhor parte,
 e o nosso mais bonito lado:
 o de dentro. (Bibiana Benites)