quarta-feira, junho 26, 2013

Depois da viagem


Voltei!Estes últimos dias têm sido bem corridos,depois de minha super folga,que deu pra viajar,tive que trabalhar pesado e amanhã retorno aos plantões.Antes de falar da viagem,queria deixar registrado que estou feliz em ver as manifestações populares em todo nosso país,tirando a violência e o vandalismo que,tenho certeza,é coisa de bandido e delinquente, não é coisa de gente que só quer mudar as coisas erradas que existem no nosso país e que ninguém aguenta mais.Aqui em Natal teve manifestação na quinta passada,estão prometendo outra hoje ou amanhã,não sei bem.

Bem,saímos na sexta(21) a caminho de Currais Novos e Caicó,duas cidades do nosso interior.Currais Novos é conhecida hoje pela Carnaxelita, a maior micareta do interior do estado e pela atividade de extração mineral principalmente da xelita (mina Brejuí). A cidade se desenvolveu muito na época do começo da extração mineral.Foi lá que almoçamos.


Mina Brejuí

Partimos então pra Caicó,a maior cidade da região do Seridó,famosa pela festa da padroeira Sant'Ana que acontece em julho,famosa também pelos bordados típicos,que são realmente lindos,a culinária (o queijo é excelente) e também pelo seu singular carnaval.De lá,passando por cidades menores,fomos pra Mossoró.

A igreja principal de Caicó

O detalhe: a viagem toda foi embaixo de chuva,não muito forte,mas apertou mesmo já bem perto de Mossoró.Esta cidade,chamada a capital do oeste,fica situada entre Natal e Fortaleza,é uma cidade bem quente,que se destaca pela maior produção em terra de petróleo e sal marinho.Lá a água é naturalmente quente,inclusive existe lá um hotel (Thermas) que tem várias piscinas em diferentes temperaturas, a mais quente têm 50 graus e ninguém pode entrar,até porque ninguém aguentaria,né não?Bem,Mossoró tá crescendo bastante,se destacando pelo turismo cultural,com um dos maiores arraiás do nordeste (fomos ver o Mossoró Cidade Junina),pelo primeiro voto feminino do país e também por ter libertado seus escravos 5 anos antes da lei áurea e claro pela resistência ao bando de Lampião cangaceiro;é justamente esta história que é contada na "Chuva de bala no país de Mossoró" dentro da cidade junina.No mais,fomos conhecer a praia dos mossoroenses,Tibau do Sul bem pertinho da divisa com o Ceará.


A igreja de Santa Luzia em Mossoró ainda com as marcas de bala.

Uma das coisas que mais gostei nesta viagem foi conhecer o lajedo de Soledade,situado em Apodi, um dos sitios arqueológicos mais importante do Brasil.Localizado numa área de um quilômetro quadrado de rocha calcária, do período paleolítico, o Lajedo de Soledade quase foi destruído pelos produtores de cal da região. Mas a intervenção de geólogos da Petrobras e dos próprios moradores do distrito do Lajedo, no início da década de 90, acabou salvando este sítio.

No lajedo, pesquisadores da Universidade Federal do Rio Grande do Norte encontraram fósseis de animais pré-históricos, como o bicho-preguiça e tatus gigantes, mastodontes e tigres-de-dente-de-sabre que viviam no Nordeste no período Glacial, além de pinturas rupestres.



São vários os painéis dessas pinturas ainda preservadas que se encontram no leito de um rio seco, que podem ser observadas em visitas acompanhadas por guias. Segundo pesquisadores, os desenhos dessas pinturas teriam sido feitos por índios que habitavam essa região no período pré-histórico. Há 90 milhões de anos, toda a área era coberta por um mar raso que, ao recuar, relevou uma grande extensão de rocha calcária.


 O lajedo é constituído por uma área de rocha calcária que sofreu a erosão da água das chuvas, abrindo um mini cânion com cavernas e fendas onde estão gravadas as pinturas rupestres, representando figuras de espécies que seriam araras, papagaios, garças, lagartos e formas geométricas. Já foi tema de documentário de 30 minutos na BBC de Londres. Ocupou páginas de revistas e jornais de circulação nacional e internacional. Foi tema de inúmeras reportagens na TV e em vários outros veículos de comunicação do Brasil. É fonte inesgotável de conhecimento científico para centenas de pesquisadores, inclusive as mais respeitadas do mundo. Recebe, por mês, até 700 visitantes, dos quais 90% são estudantes e professores.

 Chegamos na segunda lá pelas 4 da tarde.Amei a viagem!Como em Julho tenho 15 dias de férias,já estou planejando outra!Vou parar por aqui porque o post tá enorme!Ah sim!Vou fazer minha seleção dos jogadores mais bonitos da copa das confederações!Me aguardem!

 Fui!Beijos nas bochechas!

sábado, junho 15, 2013

Post editado

Editando em 20/06: Gente,estou indo viajar!Vamos aproveitar o fim de semana no interior do nosso estado.Se der,na segunda atualizo!Em tempo:agora tenho orgulho de ser brasileira vendo os protestos que se multiplicam por todo o país!É isso aí!Só não dar pra aceitar o vandalismo,violência não leva a nada!Até mais!


Um único momento

Achamos que a vida é uma sonata
Que começa com o nascimento
E deve terminar com a velhice
Mas isso está errado.
Vivemos no tempo,é bem verdade,
mas,é a eternidade que dar sentido a vida.
Eternidade não é o tempo sem fim.
Tempo sem fim é insuportável.
Eternidade é o tempo completo,
esse tempo do qual a gente diz:
"Valeu a pena".

Compreendi então,
que a vida é uma sonata que,
pra realizar sua beleza,
tem que ser tocada até o fim.
Dei-me conta, ao contrário,
de que a vida é um álbum de mini-sonatas.
Cada momento de beleza vivido e amado,
por efêmero que seja,
é uma experiência completa
que está destinada a eternidade.
Um único momento de beleza 
e amor justifica a vida inteira.

Rubem Alves
(Concerto para corpo e alma)


Não tem nada que melhor justifique a vida que o amor né não?
Quando se ama se vive de verdade!Beleza pura!
Tive uma semana tranquila,andou chovendo bastante por aqui,mas hoje tá sol.Ontem fui revitalizar minhas mechas e estou oficialmente loira outra vez.Como é bom ir no salão incrementar o visual né não?

Na terça vi o filme " O grande Gatsby" que adorei e recomendo!
Olha a sinopse: Nick Carraway (Tobey Maguire) tinha um grande fascínio por seu vizinho, o misterioso Jay Gatsby (Leonardo DiCaprio). Após ser convidado pelo milionário para uma festa incrível, o relacionamento de ambos torna-se uma forte amizade. Quando Nick descobre que seu amigo tem uma antiga paixão por sua prima Daisy Buchanan (Carey Mulligan), ele resolve reaproximar os dois, esquecendo o fato dela ser casada com seu velho amigo dos tempos de faculdade, o também endinheirado Tom Buchanan (Joel Edgerton). Agora, o conflito está armado e as consequências serão trágicas.
As críticas são boas,olha esta: O que esperar de uma quarta versão para o cinema de um clássico da literatura? Tudo, nada, pouco, muito... O Grande Gatsby 3D vai pegar muita gente de surpresa. Se negativa ou positiva, vai depender exclusivamente de sua abertura para encarar um texto antigo, de F. Scott Fitzgerald, qualidade inquestionável, revisitado e colorido com o melhor da tecnologia atual.( Fonte)
Esperando a segunda parte de "O Hobbit" ansiosamente!"A desolação de Smaug" já tem trailer!!

E pra terminar o post achei um jogo que mistura duas coisas que adoro:o próprio jogo e os mapas do Google!O jogo escolhe aleatoriamente um lugar no Google Street View e pede que você a localize num mapa.Pode ser em qualquer lugar do mundo,mas quanto mais perto você chutar,mas pontos ganha.Interessou?Clique Aqui.

Estão animadas pra copa das confederações?Eu Tô tentando me animar...

Fui!Beijos nas bochechas!

segunda-feira, junho 10, 2013

Voltando...


"Foi o tempo que dedicaste à tua rosa 
que a fez tão importante.
...Tu não és para mim senão uma pessoa
 inteiramente igual a cem mil outras pessoas. 
E eu não tenho necessidade de ti. 
E tu não tens necessidade de mim. 
Mas, se tu me cativas, 
nós teremos necessidade um do outro. 
Serás pra mim o único no mundo. 
E eu serei para ti a única no mundo...
(Do livro O Pequeno Príncipe)
Hoje completou uma semana que Leti se foi,eu já consigo olhar uma foto dela sem cair no choro,mas com uma imensa tristeza...Por isso,uma das fotos dela que mais gosto retornou ao blog e vai ficar aqui na lateral.Quando esta foto foi tirada ela era uma fofura,parecia uma bolinha de pelos ambulante,bem diferente de quando ela adoeceu pra valer.Enfim,apesar de sentir que me arrancaram um pedaço do coração fora,tô tentando retomar a vida normal.Foi uma convivência de mais de 25 anos e eu que moro só sinto ainda mais a falta dela,principalmente quando chego em casa e ela não está na porta pra me receber...O que se pode fazer?Se conformar,né?Sempre me achei forte pra estas coisas,então tá na hora de ser forte de novo.Descanse em paz Leti,a saudade será mesmo eterna.

Nos dois dias que se seguiram a partida dela,trabalhei um bocado pra manter a cabeça ocupada e não ficar lembrando,evitava ficar em casa,pois tem uma lembrança em cada canto,mas era só alguém falar no assunto que o choro vinha pra valer.Como minhas irmãs estão sem trabalhar,uma aposentada e a outra de licença, estamos combinando em viajar,só falta acertar os dias,minha escala deste mês me deu folgas de 4 dias seguidos e apertou em outras semanas,então dar pra aproveitar pra se distrair um pouco,né?


A vocês que passaram e ainda vão passar por aqui e que deixaram um abraço em forma de palavras.Um obrigada especial a Tetê que fez uma homenagem a Leti e a Pipinha,a cachorrinha da Mary que também faleceu semana passada e era bem idosa como Leti.
Até o próximo post!