domingo, setembro 30, 2012

Compartilhando...





 
A Arte de Ver
 
Ela entrou, deitou-se no divã e disse: "Acho que estou ficando louca". Eu fiquei em silêncio aguardando que ela me revelasse os sinais da sua loucura. "Um dos meus prazeres é cozinhar. Vou para a cozinha, corto as cebolas, os tomates, os pimentões - é uma alegria! Entretanto, faz uns dias, eu fui para a cozinha para fazer aquilo que já fizera centenas de vezes: cortar cebolas. Ato banal sem surpresas. Mas, cortada a cebola, eu olhei para ela e tive um susto. Percebi que nunca havia visto uma cebola. Aqueles anéis perfeitamente ajustados, a luz se refletindo neles: tive a impressão de estar vendo a rosácea de um vitral de catedral gótica. De repente, a cebola, de objeto a ser comido, se transformou em obra de arte para ser vista! E o pior é que o mesmo aconteceu quando cortei os tomates, os pimentões... Agora, tudo o que vejo me causa espanto."
 
Ela se calou, esperando o meu diagnóstico. Eu me levantei, fui à estante de livros e de lá retirei as "Odes Elementales", de Pablo Neruda. Procurei a "Ode à Cebola" e lhe disse: "Essa perturbação ocular que a acometeu é comum entre os poetas. Veja o que Neruda disse de uma cebola igual àquela que lhe causou assombro: 'Rosa de água com escamas de cristal'. Não, você não está louca. Você ganhou olhos de poeta... Os poetas ensinam a ver".
 
Ver é muito complicado. Isso é estranho porque os olhos, de todos os órgãos dos sentidos, são os de mais fácil compreensão científica. A sua física é idêntica à física óptica de uma máquina fotográfica: o objeto do lado de fora aparece refletido do lado de dentro. Mas existe algo na visão que não pertence à física.
 
William Blake sabia disso e afirmou: "A árvore que o sábio vê não é a mesma árvore que o tolo vê". Sei disso por experiência própria. Quando vejo os ipês floridos, sinto-me como Moisés diante da sarça ardente: ali está uma epifania do sagrado. Mas uma mulher que vivia perto da minha casa decretou a morte de um ipê que florescia à frente de sua casa porque ele sujava o chão, dava muito trabalho para a sua vassoura. Seus olhos não viam a beleza. Só viam o lixo.
 
Adélia Prado disse: "Deus de vez em quando me tira a poesia. Olho para uma pedra e vejo uma pedra". Drummond viu uma pedra e não viu uma pedra. A pedra que ele viu virou poema.
 
Há muitas pessoas de visão perfeita que nada vêem. "Não é bastante não ser cego para ver as árvores e as flores. Não basta abrir a janela para ver os campos e os rios", escreveu Alberto Caeiro, heterônimo de Fernando Pessoa. O ato de ver não é coisa natural. Precisa ser aprendido. Nietzsche sabia disso e afirmou que a primeira tarefa da educação é ensinar a ver. O zen-budismo concorda, e toda a sua espiritualidade é uma busca da experiência chamada "satori", a abertura do "terceiro olho". Não sei se Cummings se inspirava no zen-budismo, mas o fato é que escreveu: "Agora os ouvidos dos meus ouvidos acordaram e agora os olhos dos meus olhos se abriram".
 
Há um poema no Novo Testamento que relata a caminhada de dois discípulos na companhia de Jesus ressuscitado. Mas eles não o reconheciam. Reconheceram-no subitamente: ao partir do pão, "seus olhos se abriram". Vinicius de Moraes adota o mesmo mote em "Operário em Construção": "De forma que, certo dia, à mesa ao cortar o pão, o operário foi tomado de uma súbita emoção, ao constatar assombrado que tudo naquela mesa - garrafa, prato, facão - era ele quem fazia. Ele, um humilde operário, um operário em construção".
 
A diferença se encontra no lugar onde os olhos são guardados. Se os olhos estão na caixa de ferramentas, eles são apenas ferramentas que usamos por sua função prática. Com eles vemos objetos, sinais luminosos, nomes de ruas - e ajustamos a nossa ação. O ver se subordina ao fazer. Isso é necessário. Mas é muito pobre. Os olhos não gozam... Mas, quando os olhos estão na caixa dos brinquedos, eles se transformam em órgãos de prazer: brincam com o que vêem, olham pelo prazer de olhar, querem fazer amor com o mundo.
 
Os olhos que moram na caixa de ferramentas são os olhos dos adultos. Os olhos que moram na caixa dos brinquedos, das crianças. Para ter olhos brincalhões, é preciso ter as crianças por nossas mestras. Alberto Caeiro disse haver aprendido a arte de ver com um menininho, Jesus Cristo fugido do céu, tornado outra vez criança, eternamente: "A mim, ensinou-me tudo. Ensinou-me a olhar para as coisas. Aponta-me todas as coisas que há nas flores. Mostra-me como as pedras são engraçadas quando a gente as têm na mão e olha devagar para elas".
 
Por isso - porque eu acho que a primeira função da educação é ensinar a ver - eu gostaria de sugerir que se criasse um novo tipo de professor, um professor que nada teria a ensinar, mas que se dedicaria a apontar os assombros que crescem nos desvãos da banalidade cotidiana. Como o Jesus menino do poema de Caeiro. Sua missão seria partejar "olhos vagabundos"...
 
(Rubem Alves)
O texto acima foi extraído da seção "Sinapse", jornal "Folha de S.Paulo", versão on line, publicado em 26/10/2004.
 
 
Mais um texto deste autor que simplesmente amei!Que nós possamos ver mais que o normal,o banal,ver de verdade,com os olhos da alma e do coração.
Por aqui tudo tranquilo.Um beijo em cada bochecha!
 




sábado, setembro 22, 2012

Várias...


 Chegando...Já viram,né?Mudei o template de novo!Na verdade era pra colocar outro template rosa com um tema mais apropriado pra esta época primaveril,mas o mesmo só dava erro,então resolvi colocar este aqui.Este verdinho turquesa ainda tá com um erro na data,mas eu chego lá!O fato é que eu gosto de mudar o visual do blog e depois sair arrumando da melhor maneira possivel.Mudei algumas coisinhas na lateral do blog também:o gadget das fases da lua,o gif de boas vindas agora é um "Oi Gente",a mensagem lá no final da coluna,os últimos comentários também aparecem agora na lateral do blog.A música também mudou,tá tocando Era-Angel.

Mas mudando também de assunto,feliz primavera pra todos nós!A estação mais bonita e perfumada do ano chegou hoje!!É minha preferida,embora eu ache que todas as estações têm seu charme.Falando em clima e estações do ano,o sol aqui tá de fritar ovo no asfalto...

Hoje fui fazer a primeira visita a obra de meu novo apê.Não só eu mais várias outras pessoas também.Tinhamos que ir de calça comprida,sapato fechado e chegando lá colocar um capacete.Tudo pra nossa proteção.Há uma previsão de que o apê fique pronto daqui pra o fim do ano,embora já esteja atrasado na entrega.O meu apê fica no oitavo andar,super ventilado,mas é pequeno,gente!Onde eu moro hoje é muito mais espaçoso,quase uma casa!O que eu vou fazer?Eu queria me mudar para o novo,afinal o atual já tem mais de 10 anos,mas será que me acostumo com o aperto?Preciso pensar bem no que fazer.

Vocês já ouviram falar de um grão chamado...


Por aqui estão consumindo muito embora seja bastante cara.
Olha o que eu achei na net:

A chia é originária do México,onde foi muito consumida por civilizações antigas pra dar força e resistência física.Entre os principais componentes deste grão está o ômega 3 em teor mais elevado do que o encontrado na linhaça e no salmão.E não é só isso,a chia tem 2 vezes mais potássio que a banana,3 vezes mais ferro que o espinafre,6 vezes mais cálcio que o leite integral e 15 vezes mais magnésio que o brócolis.O grão causa saciedade e por isso ajuda no emagrecimento.Como isso acontece?As sementes ricas em fibras,ao entrarem em contato com a água aumentam 12 vezes o seu próprio peso por absorverem a mesma.Assim a pessoa fica satisfeita mais rapidamente e consome menos comida.A chia desintoxica o corpo por regular o trânsito intestinal,diminui o colesterol,controla a glicemia,ajuda na formação óssea,previne o envelhecimento precose e melhora a imunidade.Gente...é um grão milagroso!Há pessoas que dizem que não sentiram nenhuma diferença ao consumir a chia e outras dizem que sim,a chia faz realmente efeito.Ouvi uma nutricionista falar que a chia é um aliado poderoso,mas não faz milagre se você tem péssimos hábitos alimentares e não se exercita,por exemplo.Acho isso também.Ah sim!Você pode encontrar a chia em forma de grãos,óleo e farinha.Não se pode exagerar no consumo pois é bastante calórica.O grão deve ser consumido puro ou misturado a frutas (1 colher de sopa) 30 minutos antes das refeições e não há contraindicações.Não esquecer que a chia não substitui outros alimentos,a nossa dieta precisa ser variada.Bom demais,né?

Beijos e até o próximo post!


sexta-feira, setembro 14, 2012

Gestos simples e muito humanos

 
 
 Um fósforo,
Uma bala de menta,
Uma xícara de café
Um jornal!
Estes quatro elementos fazem parte de uma das melhores histórias sobre atendimento que conhecemos!
Um homem estava dirigindo há horas e, cansado da estrada, resolveu procurar um hotel ou uma pousada para descansar. Em poucos minutos, avistou um letreiro luminoso com o nome: Hotel Venetia.
Quando chegou à recepção, o hall do hotel estava iluminado com luz suave.
Atrás do balcão, uma moça de rosto alegre o saudou amavelmente:
- Bem-vindo ao Venetia!"
Três minutos após essa saudação, o hóspede já se encontrava confortavelmente instalado no seu quarto e impressionado com os procedimentos: tudo muito rápido e prático.
No quarto, uma discreta opulência; uma cama, impecavelmente limpa, uma lareira, um fósforo apropriado e em posição perfeitamente alinhada sobre a lareira, para ser riscado. Era demais!
Aquele homem que queria um quarto apenas para passar a noite, começou a pensar que estava com sorte. Mudou de roupa para o jantar (a moça da recepção fizera o pedido no momento do registro). A refeição foi tão deliciosa, como tudo o que tinha experimentado, naquele local, até então.
Assinou a conta e retornou para o quarto. Fazia frio e ele estava ansioso pelo fogo da lareira. Qual não foi a sua surpresa! Alguém havia se antecipado a ele, pois havia um lindo fogo crepitante na lareira. A cama estava preparada, os travesseiros arrumados e uma bala de menta sobre cada um. Que noite agradável aquela!
Na manhã seguinte, o hóspede acordou com um estranho borbulhar, vindo do banheiro. Saiu da cama para investigar. Simplesmente uma cafeteira ligada por um timer automático, estava preparando o seu café e, junto um cartão que dizia: Sua marca predileta de café. Bom apetite!" Era mesmo!
Como eles podiam saber desse detalhe?
De repente, lembrou-se: no jantar perguntaram qual a sua marca preferida de café. Em seguida, ele ouve um leve toque na porta.. Ao abrir, havia um jornal. "Mas, como pode?! É o meu jornal! Como eles adivinharam?"
Mais uma vez, lembrou-se de quando se registrou: a recepcionista havia perguntado qual jornal que ele peferia.
O cliente deixou o hotel encantando. Feliz pela sorte de ter ficado num lugar tão acolhedor. Mas, o que esse hotel fizera mesmo de especial?
Apenas ofereceram um fósforo, uma bala de menta, uma xícara de café e um jornal!
Nunca se falou tanto na relação empresa-cliente como nos dias de hoje.
Milhões são gastos em planos mirabolantes de marketing e, no entanto, o cliente está cada vez mais insatisfeito, mais desconfiado.
Mudamos o layout das lojas, pintamos as prateleiras, trocamos as embalagens, mas esquecemos-nos das pessoas.
O valor das pequenas coisas conta, e muito. A valorização do relacionamento com o cliente. Fazer com que ele perceba que é um parceiro importante!
****
Isto vale também para nossas relações pessoais (namoro, amizade, família, casamento) enfim pensar no outro como ser humano é sempre uma satisfação para quem doa e para quem recebe.
Seremos muito mais felizes, pois a verdadeira felicidade está nos gestos mais simples de nosso dia-a-dia e na maioria das vezes passamos desapercebidos!"
 ( Recebi por e-mail sem autor)


Deixo aqui um beijo em cada bochecha e um abraço carinhoso pra vocês!São gestos simples mas muito humanos que fazem realmente a diferença,principalmente nos dias de hoje.

PS:O quarto livro da série Eragon entitulado Herança,finalmente chegou pelos correios!
Estou louca pra ler!
PS2:Atualizei mais cedo esta semana,pois amanhã estou no trabalho.


 



sábado, setembro 08, 2012

No meio do feriadão...

 
 
O ciclo da vida

Existem tempos onde à vida faz florir...
Onde a respiração é tranqüila, profunda;
Onde os passos seguem uma ordem de harmonia,
de rumos seguros.
Existem tempos onde o sorriso é fácil e
os olhos reluzem a luz da vida.
Tempos onde o sono é reparador e
 o despertar é sinceramente aguardado.
Tempos onde a água jorra farta e
o verde da grama cintila sob o sol das manhãs.
Tempos de abraçar, amar e simplesmente ser.
Tempos de descanso depois de uma longa jornada,
de uma grande batalha.
Tempos onde as mãos do Criador pousam macias
sobre o teu ser, sobre o teu destino,
trazendo a guarda, a cura e a alegria
para todos os teus males.
Tempos de confiança, de centramento,
de promessa realizada.
Tempos de flores sobre a mesa, de lençóis secando ao sol.
Tempos de graças e de profundos agradecimentos...
Tempos onde percebes que tudo valeu à pena,
para que neste momento tu chegasses
e nele pudesses sentir o que é estar pleno.
Descansa Criança, acolhe os presentes que a vida traz.
São teus e necessários para fortalecer o teu ser.
Sim, isto também passará e novamente virão outros desafios,
outras batalhas a céu aberto e tu,
 tu estarás pronto para sentir,
viver e aprender com cada um deles.
Este é o ciclo da vida.
Sê bem vindo,
pois ele é belo e é teu.
Guarda-o contigo e desfruta,
pois aprender a ser o que realmente és
exige coragem, confiança, determinação
e um amor sem fim para contigo mesmo.
 
(Encontrei sem autor)
 
Sinto-me nascido a cada momento / Para a eterna novidade do Mundo....
 
E como são importantes estes tempos de tranquilidade,é como férias.Viver num ritmo frenético sem parar um pouco pra recarregar as baterias...quem aguenta?E pra mim estes momentos são tudo de bom e o melhor da vida.A gente trabalha pra conseguir isso,certo?
Pois é,passou mais uma semana,mas não tenho grandes novidades pra contar.Ontem teve feijoada na casa de praia,a água da piscina tava gelada,afe!Hoje estou em casa arrumando várias coisinhas e amanhã plantão.E a vida continua...

Tocando:Gregorian e Sarah Brightman-Moment of peace
Olha a tradução:

Em um momento de paz/Venha agora, venha para o nosso lado
Um lugar onde você pode se esconder/Nós somos o brilho do Sol
Descanse sua alma aqui e você encontrará/Nós somos a energia
Nós damos o mundo a vós/Mantenha seu coração forte agora
Nós vamos apaziguar a dor da sua mente

REFRÃO:Em um mundo sem perigos/Onde a destruição está próxima
Você pode vir conosco aqui/Onde as pessoas são estranhas
Você vai descansar aqui comigo/Em um momento de paz.(Repete)

VERSO 2:Ilumine a escuridão abaixo/Veja através das estrelas
Alcance o fluxo da Terra/Vagueie na alegria de nossos corações
Libere a energia/Saboreie do vinho
Beba como uma alma que sabe agora/O poder divino.
 
 Beijos nas bochechas!
Casinha das Gifs


sábado, setembro 01, 2012

Oração e Etc...

 
"Senhor!
Dá-me a esperança, leva de mim a tristeza e não a entrega a ninguém.
Senhor! Planta em meu coração a sementeira do amor
 e arranca de minha alma as rugas do ódio.
Ajuda-me a transformar meus rivais em companheiros,
e meus companheiros em entes queridos.
Dá-me a razão para vencer minhas ilusões.
Deus! Conceda-me a força para dominar meus desejos.
Fortifica meu olhar para que veja os defeitos de minha alma
 e venda meus olhos para que eu não cometa os defeitos alheios.
Dá-me o sabor de saber perdoar e afasta de mim os desejos de vingança.
Ajuda-me a fazer feliz o maior número possível de seres humanos,
para ampliar seus dias risonhos e diminuir suas noites tristonhas.
Não me deixe ser um cordeiro perante os fortes e nem um leão diante dos fracos.
Imprime em meu coração a tolerância e o perdão
 e afasta de minha alma o orgulho e a presunção.
Deus! Encha meu coração com a divina fé...
Faz-me uma mulher realmente justa."
 
*************
E que assim seja!Sempre que vou procurar um texto pra colocar no blog descubro um novo autor,o da vez,Rabindranath Tagore,era indiano e foi o primeiro não europeu a conquistar o Nobel de Literatura.Este cantinho também é cultura!
 
Eu nunca fui fã de brincos,mas adoro pulseiras e colares.Como ultimamente estão usando muitas pulseiras eu estou no céu!Não posso ver uma diferente que quero comprar!Olha as que estou usando:
 
 
 
 
E por hoje é só!Bem vindo Setembro!!
Beijos nas bochechas!
 
PS:A Dany colocou este cantinho em destaque no seu blog.Valeu e obrigada Dany!